Ao som de lithium num nirvana induzido...


      A sanidade e a loucura estão mais próximas do que as mãos quase coladas de dois apaixonados. Misturam com em fusão. Até quando nossas loucuras serão normais? O que classifica a sua vida normal como louca?
      Não consigo achar mais nada que faça sentido no que ela diz, ela sofre e não encontro seus motivos. Tantas coisas nos fizemos juntas. Quantos 10x0 ela deu em mim. E agora o que resta? Sempre eu que fugi da realidade! Eu que sempre tive dois mundos! Eu que sorria em meio a lagrimas! Eu que amava e não era amada! 
      Como te livrar dessa escuridão, sem que eu siga por ela como hipnose ou refugio? Médicos e drogas te tornam o que você não é. Eu não te vejo. Segura minha mão? Quero te levar pro meu mundo louco e te tirar dessa solidão. Descobre como eu já fiz que a gente é mais feliz junto!
      Ponderada, consciente e controlada! Não consigo entender mais nada. Que amor é esse que você precisa que de perto te sufoca e que de longe te machuca? A maioria das pessoas tem sentimentos, temos que aprender! Não posso te explicar o que também não sei, eu sei.
      Não entendo de controle nem de limite, nem do osmótico nem de atos, nem de cálculo nem da vida! Poderia ser eu assim ao som de littium num nirvana induzido. Mas você não! A sanidade esta acima do que se pode imaginar, a loucura mas perto do eu esperava e mais longe do que eu busquei. Esse poder só pode vir de Deus.
      E eu que sempre achei que bipolar era eu!

0 ...:

Postar um comentário

 
Copyright 2009 "Se é loucura, então melhor nem ter razão..." All rights reserved.
Free Blogger Templates by DeluxeTemplates.net
Wordpress Theme by EZwpthemes
Blogger Templates