Amei a brincadeira Lunna!!!


No blog http://teoriasimpossiveis.wordpress.com A Lunna Guedes propos um desafio...e eu topei! Ela começou um texto e pediu para que continuassemos... e aminha parte ficou assim:

No elevador

Ela percebeu seus olhares não havia quem não notasse, mesmo ele tentando esconder ao máximo. Um súbito de coragem a tomou e ela disse firme:
_Sei o que esta a lembrar!
Ele engoliu a seco, a mulher continuava a ser atrevida e cheia de si, assim como na meninice.
_Daquela menina que o Sr. conheceu comandante, nada restou.
E se afastou não dando espaço pra resposta.
Outras pessoas entraram no elevador. Enquanto isso ele a observou. Seus cabelos longos estavam presos num rabo de cavalo e sua franja lisa, solta pra o lado direito, bagunçava com uma certa facilidade. Ele se contorcia por dentro e apertava as mãos com punhos fechados atrás das costas cada vez que isso acontecia, como forma de controlar a vontade que tinha de pegar aquele cabelo e gentilmente coloca-lo para traz.
Mas não ele não ousaria, o comandante não seria capaz de cordialidades, tão pouco de carinho, ele se forçava pensar que era esse o motivo de se manter recluso, mas na verdade sabia que evitava o contato com medo de não conseguir controlar o seu desejo, não só de toca-la, mas de tela inteira pra si como um dia ela já quis.
As pessoas saíram, o andar deles era o próximo.
Estavam lado a lado na porta do elevador, prontos pra sair.
Antes que a porta abrisse, ele não se conteve, deu um passo para o lado e alcançou com a mão o botão de “travar porta” e apertou!

Tchan..tchan..tchan..tchan.. e agora???? Continua!


Veja como ficou bom com a participação de todos:

0 ...:

Postar um comentário

 
Copyright 2009 "Se é loucura, então melhor nem ter razão..." All rights reserved.
Free Blogger Templates by DeluxeTemplates.net
Wordpress Theme by EZwpthemes
Blogger Templates