Laço eterno...

Alguns laços são como nós! Laços esses seus que insistem em me segurar. De um amor mais verdadeiro e imutável que todas as juras que fizemos ao leito na sede de sermos tomados! Mais eterno que os poucos momentos de cumplicidade que compartilhamos. Esses laços de Deus. Essa união tão improvável e indesejada de duas pessoas tão parecidas e tão distintas.
Em nossos mundos a bipolaridade. Na perfeição que tentamos ser, batemos de frente com a imperfeição que nos trousse ao mundo... O sangue não corre ele jorra! Bate na cara, como uma tapa para arrancar a euforia e mostrar a pura verdade. Sangria pra ver se cura essa vontade de te amar. Topamos essa loucura, mas somos tão inseguros...
Essa força que me impede de te esquecer, que te faz lembrar e querer e requerer. Isso não vai mudar... Jamais nos libertará dessa sina. Um dia dissemos a loucura mais verdadeira que poderíamos ter dito um ao outro: " Eu vou te amar pra sempre", foi uma das poucas coisas que já tive certeza.
Venho te amando e te odiando desde que me lembro te conhecer. Ignoro você mesmo te querendo, desde que entendi o peso do teu nome ou quando enxerguei que apesar de nossas peles terem cores distintas, por baixo delas a herança é a mesma!
É sempre o mesmo teatro... Você é o maior artista que eu conheço me fazendo parecer protagonista quando sou coadjuvante. Talvez desse papel eu ganhe o Oscar! Sempre deixo você achar que eu acredito! É divertido me enrolar nos teus nós... Tão eternos e superficiais, cheios de "pra sempre" e despedidas. Eles não me perderam a você, mas a esse amor. Eu te amarei por não ter escolha e vou te esquecer porque escolhi assim!
Esse amor que já existia quando a gente inventou e permanece mesmo de longe a me prender nesse laço feito um nó cego que você atou...




 
Copyright 2009 "Se é loucura, então melhor nem ter razão..." All rights reserved.
Free Blogger Templates by DeluxeTemplates.net
Wordpress Theme by EZwpthemes
Blogger Templates