Simples assim:

 "Mulheres com conteúdo"

A Mamá?

Ela é assim e pronto.Tem cabelo curto porque gosta e pronto.Ela se ama e admira o espelho quando percebe seus ombros nus e sente arrepios quando as pontas dos cabelos toca sua nuca.Apesar de tudo,acha a idéia de ser igual a todo mundo um saco.Gosta de se arrumar,mas sabe que não é fútil,ela é sofisticada.Não deve nada a ninguém,cuida bem do seu nariz e odeia terminantemente a presença não permitida dos outros em sua vida.Odeia pessoas desocupadas que não têm o que fazer com suas vidas e teimam em participar da dela.Odeia algumas pessoas de graça também mas acredita muito em energias boas e ruins.Gostaria de ter uma memória para gravar todas as frases de efeito que tocaram-na enquanto lia os livros.Sabe que muitas a marcaram,mas simplesmente as esqueceu.Quando for mais velha vai aprender todas as línguas do mundo e vai trabalhar como guia de si mesma pelos arredores do planeta.Gosta de onde vive,mas se apega constantemente pensando em outro lugar...
Ela é saudosa. Sente realmente muitas saudades e tem cicatrizes que ninguém jamais saberá de onde vêm, nem ninguém jamais imaginará. São suas e só, engole seco.Tem paixão pela comunicação humana e acha fascinante o poder das palavras. Admira sons também. Daí vem sua paixão incontestável por música.Ela é espontânea e não admite que a imitem. Acha uma verdadeira falta de criatividade ser plágio de alguém, como acha uma verdadeira falta de competência sentir inveja ruim. Cruzes, odeia essa palavra. Ama muita coisa e muita gente, mas tem inúmeros conceitos de amor, ou inúmeras formas de amar, como preferir. E de amor ela não fala muito. Ela sente, isso a move, e basta.

Amuu tu xuxu!!!

By.: Janyssima!!!

Como Narciso

Pra que serve um coração sem amor? De que me serve uma cabeça sem conflitos? Estou por aqui só, sem ninguém por perto, mas não me sinto vazia.
Sentimento estranho. Não tenho uma boca ao meu lado a que me beije, a que me fale, a que me ame ou a que me deseje.
E agora??? Agora nada. Não tem me feito falta. Não há seu corpo a suar no meu, não há verdade no que prometeu e não me dói.
O que significa não sentir? O não amar? Significa a falta da culpa de ter errado mais uma vez. Nesse momento tenho minhas próprias respostas.
As opções são tantas e não me vejo empolgar por nenhuma, nesse momento único da minha vida, nesse momento sem fagulha estou aqui só, sem amor, sem amar... Porém a paixão, minha eterna companheira, essa está aqui! Paixão que aprendi a nutrir por mim como Narciso já o fez. Tomara então eu não me afogar, bem antes talvez possa voltar a amar.
 
Copyright 2009 "Se é loucura, então melhor nem ter razão..." All rights reserved.
Free Blogger Templates by DeluxeTemplates.net
Wordpress Theme by EZwpthemes
Blogger Templates