Eu desabei e não era amor..


Eu pensei que tinha conhecido o meu grande amor. Fiquei disposto a todos o sacrifícios, os que trariam a loucura, os que nos fariam ficar em casa,  mesmo não tão satisfeitos, enquanto o mundo aproveitava o feriado...
Pensei em filhos, em família... Pensei que tudo seria perfeito, não por não existirem problemas, mas porque eu seria compreendia.. Pensei que seria semelhante ajudando semelhante. Pensei que o amor era amor, nos dias de stress de prova ou no de depressão sem motivo aparente..
Eu pensei demais... e mais ainda senti o que não existia. Agora fico aqui chorando pensando mais um pouco e tentando acreditar que o amor mesmo, ele não é COVARDE.. Que no nosso caso foi apenas um descuido, um amor UNILATERAL.
Estou tentando não pensar e ao meso tempo tentando pensar logo tudo. Espero que o tempo passe ligeiro... E que essa vontade que eu sinto de morrer (ou apenas existir, sem viver) suma de vez. Eu consigo sim ser feliz longe de você, mas eu tenho que fazer um esforço danado...

http://www.youtube.com/watch?v=M85YonmYwfk

O devagar do tempo....

Hoje ao andar sozinha por uma rua escura de um lugar em que nunca havia pisado antes tentei pensar em coisas importantes, em futuro ou em quão legal era estar alí fazendo nada em lugar algum de Paris. Senti-me realizada e no mesmo instante vazia. Fui correr pra ver se o frio passava, pra tentar me enganar achando que perdi algumas gramas de todas as bobagens que tenho comido e talvez pra não pensar tanto assim em você.
Pensei no Louvre, em Notre Dame e reparei naquelas folhinhas estranhas que não paravam de cair. Aquelas da bandeira do Canadá.. também lembrei da minha prima que mora por lá. O pensamento divagou enquanto meus pés corriam. Olhei algumas camisetas em promoção e um sapato lindo que talvez compre amanhã. Tentei fugir daquele sorriso e da ausência que eu sentia da tua voz alta que tantas vezes mandei mudar o tom. 
O teu calor faz falta aqui e não importava o quanto eu apressasse o passo ou diminuísse a marcha. Não sabia se sentava na praça sozinha ou se entrava num bar e tomava uma dose. Nada importava, até a música que tocou no fone me trouxe você. Eu não reclamei, só queria parar de senti a tua falta. Pensei em correr de olhos fechados, em tentar imaginar a praia que a gente sempre vai. Mas sabia que não ia adiantar. Pensei em você repetindo "eu gosto da minha vida!" e lembrei que eu também gosto, só que não consigo apenas ficar.  Como se os ventos, o tempo e a luz do mundo estivessem sempre a me movimentar.
E não importa que aqui no frio o tempo passe devagar, que eu tenha tantas e quantas coisas que eu queira à olhar... você continua me fazendo muita falta.
a MÚSICA QUE TOCAVA : 

LONGE - Marcelo Jeneci (letra e vídeo) 


Onde é que eu fui parar, aonde é esse aqui? Não dá mais pra voltar por que eu fiquei tão longe… Tão longe…

Vai dar certo...

Pra passar de sonho pra realidade, esse meu momento  breve, porem mágico, tive que trabalhar 4 anos, tentei aprender inglês por 3 e nunca deixei de sonhar..
Eu tive sim que abdicar de muitas coisas. E a mais dura delas foi o amor. Pra mim que amo amar, escolher uma vida de não satisfações, de idas e vindas sem motivo aparente, de mudanças repentinas e de sonhos aparentemente malucos não foi nada fácil... não há quem entenda. Talvez eu não entendesse.
De todos os momentos em que me senti só, perdida e que a saudade apertou, de todas as lágrimas que derramei por ter feito a escolha aparentemente errada do meu futuro, esse foi o resultado mais perfeito.
Não digo que estou sendo a princesinha em Paris, não! Eu, nos, estamos vivendo Paris. E mágica maior não há. Sonhar não dói, mas pra realizar temos que adquirir alguma feridas... Não se preocupe, as cicatrizes apenas vão te mostrar todos os dias o quanto você foi forte.

Que eu permaneça no teu abraço...


Dos milhares de corpos femininos que você encontrou na vida, nem foi de primeira a minha intenção de ser a única, mas quando o tempo passou e eu percebi o encaixe perfeito, foi só isso que desejei.
Das mulheres que você amou eu nem tão depressa desejei ser uma delas, mas quando você me olhou certa vez e me deu a sensação de que aquele sentimento era único, eu acreditei que eu era aquela mulher (nem que por um segundo).
O que fez você me notar, se o gesto, se a palavra ou o meu jeito de levar a mão a cintura, se a mecha de cabelo que cai na minha testa ou o livro que li na praia sozinha? Provavelmente eu nunca saiba, você não é muito de dizer. Você também nunca vai saber o que eu quero, mesmo que seja você.
Foram necessários muitos acasos pra que a gente se encontrasse e mesmo que você nem tenha me buscado por algum motivo eu apareci. Só sei agora que eu quero viver em liberdade perpétua do teu lado, por que longe de ti não parece mais fazer muito sentido. 
Espero nunca mais ficar presa fora do teu abraço... Por que eu te amo, acredito no seu amor e é só. Mesmo que sejamos egoístas e tudo mais, apenas por termos nos permitido a esse amor acredito que merecemos vive-lo. Porque a nossa história, nem  Freud  poderia explicar. 

"O que importa quantos amores você tem se nenhum deles te dá o universo?"

Você não entende nada...

Por que pra você é tão difícil de entender que eu jamais trocaria uma manhã agarradinha com você por qualquer coisa que eu pudesse fazer depois? Será que você acha mesmo que ficar repetindo e duvidando da  minha perseverança na academia vai me estimular a malhar? Não vai. Incentivar não é duvidar, é ajudar. Porque você não foi me deixar na academia? Você não estava com a moto?
Você sabia que eu frequentaria bem mais a minha casa, caso você a frequentasse também? Não! Porque você não entende como funciona a minha vida e os meus sentimentos. Você jamais entenderia como eu me sinto tomando café da manhã sozinha, ou vendo uma escova só na pia do banheiro. Eu não estou tão habituada assim, a ser só como você. Mas você tem sido um ótimo professor..
Ontem vi você falando de como as pessoas podem mudar e na verdade fiquei com vontade de rir. Não quer que o nosso relacionamento vire palhaçada, mas foi você que transformou tudo num circo. Não consigo ver você mudar, nem sei se faço mais tanta questão assim.
E agora eu não consigo mais voltar pra aquela  fantasia que eu tinha de que tudo podia ser perfeito. Só consigo ver que tudo é como é. Não acredito mais. Então decidi ser sozinha e quando não aguento de saudade, nem que seja do só teu cheiro, eu vou lá fazer compras à 1:00 h da madrugada. 
Parece que só você não viu quando tudo quebrou..

"Um belo dia resolvi mudar e fazer tudo que eu queria fazer...." 
Rita Lee

Tem sido tudo tão lento...

Ainda consigo lembrar de quando era assim...   Picos e borboletas! Quando tudo passava depressa! Mas Passou.

“Quero uma primeira vez outra vez...


...Um primeiro beijo em alguém que ainda não conheço, uma primeira caminhada por uma nova cidade, uma primeira estréia em algo que nunca fiz, quero seguir desfazendo as virgindades que ainda carrego, quero ter sensações inéditas até o fim dos meu dias.”   
Martha Medeiros


Final feliz cadê você?

Eu estou tão cansada dos finais... Desses meus que não tem sido nada felizes. 

Não por acaso..

Eu soube que você viria por aqui não tão por acaso. As minhas amigas já sabem o quanto é importante qualquer segundo que eu possa ter perto de você, o quanto é importante pra mim que eu pareça sempre melhor do que nunca a seus olhos. Senti-me um adolescente de 16 anos novamente, quando percebi que estava pensando e um qual roupa usar, em como colocaria o cabelo e que maquiagem usaria, de modo que você me olhasse, mas sem que ficasse claro o quanto de tempo eu perdi pensando nisso.
Sorri sozinha.. O tempo passa muito rápido não é? E é incrível que hoje, depois de taaanto tempo e mesmo sem ter a pretensão de ficarmos juntos novamente eu sempre me preocupo com a forma em que você vai me perceber. Não quero ser a ex namorada gorda e chata que em nada mais lembra a menina que um dia foi, da mesma forma não quero que você ainda veja aquela mesma menina impulsiva e inconseqüente que eu era no tempo em que estivemos juntos. Quero te mostrar exatamente o que sou hoje, claramente.
Oito anos se passaram e que bom que passou! Anos que deixaram muitas marcas em mim, me fizeram amadurecer sim, mas eu sempre lutei pra que ficasse algo de antes, e na hora e que eu pensava o que de mim ainda queria, você sempre vinha a meu pensamento. Então eu conservei todas as coisas que você mais elogiava. Sinceridade, sorriso largo sempre no rosto, espontaneidade adolescente e até a teimosia.
Não, eu não estou vivendo em função do seu querer... Você bem sabe que não. Mas é que eu quero que você e outras pessoas ainda possam me olhar daquele jeito doce que você me olhou um dia.

Meu Rockstar!



-->
Eu te vi pelo espelho do banheiro do bar -embriagada.. e me lembrou Engenheiros..rsrs-, de mãos dadas com a mulher que está ao seu lado sempre. A sua mulher. E eu não pensei no quanto te amo, mas sim em que exato memento você deixou de me amar. Você sabe do meu egoísmo.. Mas me diz quando foi mesmo que o abrir da geladeira deixou de existir?
Sabe eu ainda vejo no teu olhar um brilho diferente quanto chego, mesmo quando  você se esforça ao máximo pra esconder. Eu sei que você coloca Lulu Santos pra toca e não é coincidência, ou quando coloca “Timidez” ou "Dezesseis" nos dias mais tristes. Eu vejo.E os nossos amigos também vêem, me dizem e mesmo assim eu finjo pra você e pra eles que tudo já passou e que não passou de um tudo, quase nada de criança.
E não me importa que hoje você seja um senhor pai de família, com seu prospero negócio em uma cidadezinha pacata e eu, aaah e eu não tenha passado de uma adulta que continua escrevendo em blogs as mesmas coisas infantis. O importante é que nos meus olhos você ainda é o meu Rockstar favorito e eu ainda sou a menina sonhadora dos teu olhos.

Pra te contar da felicidade que sinto...


Hoje queria ter uma conversa simples com você, simples e franca. Só queria te contar o quanto sou feliz, queria que isso não te machucasse, como a mim não machucaria. Mas melhor não, você pensaria em deboche.
É que eu descobri que sou feliz com pequenos pontos tristes e não uma grande tristeza com pingos de euforia induzida. Percebi que meu esforço pra tentar ser melhor está me rendendo resultados.  E sinceramente pra seria importante falar tudo isso pra você, pela nossa luta juntos, pra saber das suas conquistas também, mas melhor nem passar perto daí você poderia pensar em como estou com saudades e fui te ver com esperanças.
O mundo é muito cruel com relação a isso. Não estarmos juntos não significa pra mim que não te amo, nem querer estar um pouco mais perto de você está mostrando o quanto te quero de volta. Do mesmo jeito que antes, quero você feliz aqui comigo ou em qualquer outro lugar do mundo.

Minhas palavras, pensamentos e sorrisos desejam à todo instante que você consiga tanto quanto estou, viver essa felicidade tão simples de apenas não sentir culpa alguma! 

Feliz sem você..


Sinto falta sim da tua presença, mas a verdade mesmo, é que de longe consigo te admirar bem mais. E ser muito, muito mais feliz!

Que passe logo...


Nos últimos 4 dias tentei, de todas as formas, fugir da rotina. Tentei não ficar só, não ouvir Leoni e nem passar na frente da tua casa. Estou indo dormir lá pelas 3 da madruga, pra ver se caio de uma vez e não dá tempo de ficar pensando em como era bom dormir abraçadinha com você na sua rede. Mas é que já é terça, a férias acabaram e não tá mais dando pra fugir da lembrança do nosso beijo que me fez esquecer o que era beijar outra pessoa - pura verdade, sem clichês!
Eu sinto falta dos meninos, do papai e do teu olhar vermelho, se emocionando e cantando um rap pra mim. Eu não vou esquecer. Agora que 'resolvemos' tudo eu parei de ver os teus defeitos e só consigo lembrar do quanto tudo parecia bom quando íamos á praia e batíamos um bom papo.
Ser a tua amiga, esse ultimo ano valeu mais pra mim do que muitos anos vividos. Aprendi muito com você, fui feliz demais. E eu podia passar horas me lamentando por não termos dado certo, por não ter tido paci6encia, mas é que eu tenho sim muitos eventos e não vai dar tempo de encaixar essa tristeza na minha agenda. Além do mais não consigo ver como algo que deu errado, só penso eu duas pessoas que deram o mais certo que podiam.
Espero que o tempo passe depressa pra que logo, logo a gente possa comer uma pizza lá na Tabi, ou que possamos nos encontrar na praia para um velejo, sem que nenhum pense em como poderia ter sido. Estou indo alí, pra ver se te esqueço só mais um pouquinho... Pra ver se lembro mais de mim antes de ter você.

Eu penso demais...


Estava pensando em nos dois na insônia de ontem. Nos possíveis problemas que podem nos esperar. Eu sei, eu sei que não adianta antecipar sofrimento, mas é que eu quero estar preparada, quero ter possibilidades. Burrice, ta certo. Na hora a gente faz tudo diferente mesmo (eu faço!)... Mas é que eu não quero mesmo perder você.

Quando o fim é o melhor...

A maior tristeza que  se pode sentir.. É aquela da hora em que você percebe que não consegue fazer a pessoa que você ama feliz! No momento exato que vê o quanto tudo ficará melhor se estiverem longe um do outro. 
É a tristeza de quem ama de verdade, porque só o amor verdadeiro é capaz de abdicar da presença pela felicidade mutua, pelo provável maior crescimento do outro, se longe. E a saudade vai  doer.

Expectativas desleais...

_A gente pode acabar essa discursão com apenas uma pergunta e uma resposta!
_Pois faça!
_Você realmente quer estar comigo?
_Se eu não quisesse não estaríamos nem tendo essa conversa.

É que eu sempre imagino demais.. Vivo num mundo de espectativas cinematográficas. Na verdade eu espera ouvir no mínimo um:
_É claro que eu quero!

Eu viajo demais, ou é opnião geral???

Será que está mesmo acabando?


Nunca fui tão diferente de mim...

Nunca estive tão lúcida, nem tão certa de tudo. Nunca lutei tanto por alguém que nem quero tanto assim, nem fugi tão desesperadamente das decisões emocionais. Não sei de onde estou tirando tanta força pra  aguentar, pra resistir e continuar. Só sei que mais do que nunca, me eximi de qualquer culpa que eu pudesse sentir por minhas atitudes.
Nunca fui tão razão, nem passei tanto por cima dos meus desejos. Nunca deixei de lado minhas lembranças pra tentar fazer o hoje dar certo, nem abdiquei tanto da minha vida pra tentar concertar a vida de outra pessoa. Mas talvez eu esteja tentando concertar o que não tem concerto, o que pra mim parece errado, mas que na verdade dever ser certo pra alguém...
Nunca tentei adaptar ninguém a mim, nem tão pouco havia me adaptado tanto a vida de alguém. Nunca fui tão sóbria, nem tão forte a ponte de fugir de mim mesma. Mas de que me valeu? Eu não sinto um buraco dentro de mim, não! Pois pra que haja um buraco é preciso que se tenha algo em volta e eu hoje só consigo sentir NADA.  

Meu novo amigo Tempo!


Eu estou infinitamente cansada de desistir das pessoas e principalmente de cobrar um tantão a mais das pessoas que mais amo. Às vezes me vejo sendo tão doce e compreensiva com pessoas que nem conheço enquanto sou tão ríspida com minha irmã e tão incompreensiva com meu namorado.
Esses últimos dias foram terríveis pra mim.. Eu estava uma pilha de nervos, queria terminar o namoro, fugir do país e algumas coisas mais mirabolantes daquelas que você pensa quando ta de TPM – e eu não tô. Mas por um milagre divino eu coloquei na minha cabeça que dessa vez ia ser diferente.
Depois de tantos namoros terminados por bobagens, inclusive o mesmo namoro terminado duzentas vezes e na maioria delas sem nenhum motivo relevante, términos que desgastariam (e o fizeram) até o mais resistente e verdadeiro dos amores, parece que eu finalmente aprendi a ter calma e deixar o tempo passar um pouquinho.
Pra mim o tempo só servia pra desgastar e esperar que tudo se resolvesse ao léu fazia eu me sentir uma fraca. Pra que esperar se eu tenho todo o resto do mundo pra provar? Mas sabe.. dessa vez não!
Pela primeira vez eu esperei e percebi a força que o tempo tem. Como ele mostra a saudade e quanto o outro representa, como ele nos acalma e deixa o que o pior passar e nos faz lembrar de novo que não é de todo ruim, que na verdade a maior parte do tempo foi de coisas boas.
Cada dia que passa vejo que amar não é só ter amor, amar é perceber, compreender, esperar e até agüentar, amar é viver o amor e às vezes deixar de vivê-lo também. Tem o viver intensamente e tem o tal do dar tempo ao tempo. É aprendizado constante e árduo e sabe o que mais, mesmo com tudo, mesmo com quedas e lágrimas eu sempre prefiro amar. Foi bom aprender com o tempo.
Pra ouvir, pensar, acalmar e sorrir..

Quem é?



Eu não me reconheço mais...
E não é quando olho no espelho.
É quando eu sinto todas essas coisas.
Eu não sou assim.
Eu sou linda, segura e feliz.
Não sou isso que tenho sido!

A minha verdade sobre o amor!





Considero justa toda forma de amor! Eu não sou hoje como fui ontem, que bom que o amor muda. Quando não muda parece que acabou. 


De um lado um cobrando: 
_Me ame!

Do outro a resposta:
_Volte a ser o que era.


Pra mim amar diferente a mesma pessoa todos os dias é a maior prova de amor.



Amamos diferênte..

Estava pensando sobre o seu jeito de me amar... Esse amor que só fala quando está tudo muito bem, que logo a primeiro sinal de turbulência esmorece e nas suas palavras se tornam ausente. Quando você diz “Hoje eu to te amando” ou “Eu não estou te amando não”, me faz nunca ter certeza. Porque isso pra mim não é amar. Amar é não ficar feliz com algumas coisas e mesmo assim querer estar junto, mudar junto. Porque amar não tem nada a ver com está tudo perfeito.
Sabe, os momentos que eu mais tenho certeza que te amo são exatamente nos momentos que você está um porre, porque vejo que ainda assim eu prefiro a tua presença. Faço coisas que nunca fiz, engulo sapos que jamais engoliria porque eu te amo e o que mais quero é estar bem com você.
Você pensa que eu não percebo o quanto você mudou ou o quanto ainda tem se esforçado. Eu vejo! Mas é que pra mim sempre é mais que isso, sempre me machuco um pouquinho mais que a maioria.
Eu só queria ser seu amor de verdade, mesmo nos piores momentos. Talvez você não entenda e se irrite, como se irritou quando eu disse que não tinha certeza. Mesmo assim eu continuo, porque não dá mesmo pra ter certeza, nunca dá. E com todas as diferenças amor é amor (romance é romance, traição é traição e u lance é um lance.. Ó o pente, ó o pente, ó o pente, ó o pente, ó o pente, ó o pente, ó o pente.. kkkk) e eu cansei de sempre desistir dele.

"...E como prêmio eu recebo o teu abraço, subornando o meu desejo tão antigo..
E fecho os olhos pra todos os seu passos, me enganando, só assim somos amigos..."
Raimundo Fagner

Onde estão elas Raul?


Onde estão as borboleta que afetavam meu estomago? Aiii de lembrar arrepio.. Que saudade das divinas borboletas que traziam surpresa. Que me surpreendiam quando nem eu ainda sabia o que sentia.
Será que não há mais amor? Aquelas pegadas do meu lado já não mais existem, fugir não mais preciso... As flores não tem desabrochado no meu vasto jardim.
Cadê a vida que eu bagunçava? Que eu corria, pulava e sonhava... As borboletas não querem mais vir e eu a tempos não sei mais sorrir. Sorriso largo, raso e profundo, daqueles que doía de tão sincero.
Talvez eu seja sim feliz de fato! Feliz e conformado... Mas minha boca está escancarada e cheia de dentes esperando a morte passar. Eu não sou assim, sou borboletas, incerteza e eterna busca.
Por onde eu me perdi Raul? 

Eu odeio sentir ciumes de você...

Você tem toda razão, esses dias a tua presença e a tua ausência tem me incomodado. Parece que quanto mais você se esforça pra mostrar que me ama e que nada estar acontecendo, mas eu te acho falso e mentiroso e nas horas em você percebe isso e prefere ficar distante eu acho que você não estar nem um pouco se importando comigo.
Eu não sei o que fazer.. Odeio esse ciumes que estou sentindo de você!!! Quero sair de perto e e viver sozinha bem longe das coisas que você me mostrou, mas a cada segundo que estou longe eu sinto tanta falta que chega a doer.
Não consigo acreditar que as coisas possam se ajeitar novamente. Mesmo assim vou continuando aqui, e me afastando aos poucos, mesmo que esteja junto. Até que eu consiga sumir de vez, ou até que você possa me mostrar que nada disso é necessário.

Um pensamento bobo...

Eu realmente pensei que seria a cura para suas dores...

Aviso: Estou mais confusa que o normal!

Sabe o que é? É que tem dias mais lá que cá, tem noites mais quentes que dias e tem eu's que só mesmo as minhas amigas pra entender. #Tecnicamente :)

Estou a flor da pele, um poço de melancolia e saudade Das coisas que tive e do que nunca existiu. Vixe!
Complexamente mais doida que nunca.`Por exemplo?
Doida pra matar alguém! Eu chorei porque o omelete queimou, chorei porque não estudei nada no feriado e porque não saí pra canto nenhum também.Chorei porque ouvi Leoni, mas ouvir Leoni é foda mesmo, tá eu sei que me martirizo. Diabo de tpm braba é essa?
Saudade do ex, ciúmes do atual, talvez esteja tudo interligado,como a história do ovo e da galinha. Vontade de trair e vontade de ter um filho, não que o filho deva ser bastardo, é tipo contraditório mesmo, um ou outro. Eu avisei que eu tava confusa.
Vontade de fugir também.. essa geralmente vem. "Vamos fugir pr'outro lugar baby?!"

É assim...

Vai ver que o avesso era o meu lado certo... 
E que o amor é muito mais dos que os livros e filmes me contaram!
Do seu lado eu sou feliz da maneira mais simples e pura, no inverso do que eu conseguia imaginar.

O Caio me inspira...

Ler Caio Fernando Abreu me inspira. Vez ou outra, nessas minhas tarde chatas e sonolentas em que minha testa briga com as teclas do computador de tanto pescar, eu releio Morangos Mofados. Acho que já fiz isso dezenas de vezes. Paro em algum conto e volto e vou mais a frente, vejo a história de câncer na alma de Davi, em pedaços soltos. Rio e às vezes respiro fundo de tão parecido que sinto ou de tão absurdo, quando percebo o ‘underground’. 
O Davi lembra muito o meu namorado, principalmente nas horas em que caminha pensativo e lentamente em seu apartamento atônito e indiferente enquanto o telefone toca. Ele foi por algum tempo assim... E hoje é tão doce. E me lembrou agora a personagem do livro, com o seu final tão cheio de esperança. 
A melancolia do Caio parece que formou a minha, desde o útero da minha mãe, de tão que eu me enxergo nele. Se mamãe me lesse Caio, estava explicado, mas acho que veio mesmo dos bregas do bar do meu pai, ou das borbulhas de amor do Fagner, quem sabe?! Sei que tive uma vontade imensa de ficar sozinha por 10 dias numa casa de praia e escrever... Apaixonar-me novamente pelo meu livro. 
E de repente não tive mais tanto medo do meu pensamento recorrente de solidão. Não sei se por ter percebido em um único parágrafo que as pessoas, mais doces e influentes morreram assim, abandonadas por suas escolhas ou se por estar me sentindo tão bem ao lado do meu doce amor louco. De repente eu deixei de querer que a vida faça sentido, entre Davi, Dedes, Caios, Clarices e melodias bregas. Então “Apenas Seguir”. 

 Um viva as putas e aos santos...

Mais selinhos!!!

Aiiii fazia um tempão que não ganhava selos! Fiquei muito animada... Principalmente porque esses dias tinha pensado seriamente em fazer um esforço e voltar a postar com mais frequência. Foi até um estimulo em tanto.
Ganhei os Selinhos da Tabita Cavalcante, alguém que a cada dia carrego um tiquinho mais de carinho e que por tantas palavras e as vezes por não pronunciar nenhum tem me feito tão bem! Espero que a gente ainda gargalhe muito e coma muitas gostosuras (principalmente as feitas pela Gislane) - Só no Dia do Lixo, claro!
Dia do lixo - Um dia no mê em que NÓS que estamos tentando nos reeducar com relação a alimentação, nos permitimos  sair da linha.

Então lá vai:
Esse eu quero dedicar especialmente pra Corrinha!
Especial para Maísa! - Saudade de ti!
Obrigada pelas dicas Zildaaaaa... 

Esse vai para os demais indicados porque eu só leio blog bom, tá?!

E o joguinho continua... As regras são: 

1. Criar um post e responder às questões de quem te indicou no post;
2. Criar 11 novas perguntinhas diferentes para passar adiante;
3. Escolher 11 blogs para indicar e colocar o link deles no post;
4. Ir para a página dos bloggers selecionados e dizer-lhes que foram indicadas;
5. Não pode indicar de volta a blogger que te mandou a indicação.

A Tabi respondeu essas elaborou essas perguntinhas pra eu responder: 


1. Nome, idade, data de aniversário, estado/país onde mora?
Mayara Mader, 24, 02 de maio, Ceará - Barasil!
2. Sonho de magreza / de beleza?
Virar panicat! kkkkkkkk brincando... Perder a "pochetinha"
3. Qual seu prato preferido? Aquele a que é mais difícil resistir!
Arroz de camarão. Táaaaa brigadeiro também.
4. Passatempo preferido?
Online: Blogs/Face Offline: Praiaaaa
5. Como você se imagina daqui a 5 anos? (Um clássico revisitado! rs)
 Formada em Agronomia. Morando em Jeri, com uma parede cheia de fotos das minhas viagens pela Europa e praias do Brasil. Namorando ou casada com o sr Valdney Alves.
6. Um lugar que você sonha visitar?
Londres!
7. Uma linda mulher? (Quem você queria ser quando crescer, entende?)
Escandolosamente feliz! (roubei a resposta do Linnus)
8. Indicação de filme!
Meu primeiro amor, Efeito borboleta, Diário de uma paixão, Os homens da minha vida. (parar por aqui se não não cabe no post)
9. Indicação de blog!
Só sentimentos vividos da Corrinha é o que mais leio...
10. A última vez que chorou! Por que?
Meu niver anteontem, de emoções!
11. O que faz você feliz atualmente?
Estar em paz com tudo.
Meus indicados são: 


Só sentimentos vividos..
'Procurando um ponto de equilíbrio
Dinha Paiva
(In)constante
I'm NoT an AvErAGe GiRL
Mulher maravilha de araque
E nasceu o era uma vez...
Amanheceu e não dormi
"Entre aspas"
Marjorie Meigan: Palavras Apenas
Menina no Sotão


Minhas perguntas são:

1. Oque faz você feliz?
2. Qual o seu maior sonho?
3. O que você está fazendo pra realizar seu sonho?
4. Você já teve/tem um grande amor?
5. Você acha que precisa perder alguns quilinhos?
6. Que tipo de bobagens você come/faz que acha que se evitasse teria uma vida muito mais saudável?
7. Você ler os Blogs da Mayara Mader?
8. Qual o seu texto favorito? (qualquer autor)
9. Qual seu filme favorito? (tá, pode ser seriado também)
10. Qual sua banda favorita?
11. Será que você poderia deixar uma mensagem pra mim?

Valewwwwwwww!  :)

Escrevendo a felicidade!!!

Gente por tantas vezes vim aqui compartilhar a minha tristeza, minhas dúvidas e angustias... Isso sempre me fez tão bem! Eu sei que muitas (ou poucas, que seja)  meninas ou rapazes já leram, choraram e curtiram saber que não sofriam sozinhos, que outras pessoas - eu por exemplo - também passam por tudo isso, pela vida, e ela não é fácil.
Mas hoje eu quero escrever a felicidade!!! Não que eu não tenha motivos pra ficar triste, na verdade eu poderia ditar dezenas. Mas sabe, pra quem? Eu percebi que pra cada 1 motivo que eu tenho pra ficar trite, tenho mais 10 pra sorrir e fazer sorrir. 
E sabe o que tá me fazendo mais feliz esses dias? Saber que eu sou útil e melhor, que eu posso ser coda vez mais. Uma tarefa que eu ensino, uma roupa que eu doo, uma carona que ofereço. Essas coisas são tem me feito tão bem. Quando você faz o bem a pessoa que você mais está ajudando é você mesmo. Pode acreditar.




Pense nisso: 

"Seja a muça que você deseja ver no mundo..."
 Gandhi 

Happy birthday to me..

Sinto uma coisa estranha nesse dia, como se fosse o mais importante de todos e ao mesmo tempo o mais culpado. É o meu dia? Ou  eu seria egoísta demais em dizer isso? Eu sou egoísta.
Sempre me sinto um tanto só, mas geralmente sou eu que busco. Amo, amo e desamo...  Sou feliz e logo alí já triste. Quero o mundo e escolho ficar. Rápido e instantâneo, devagar e remoto. E isso nada tem a ver com meu signo, com Deus ou com o resto do mundo. Sou eu, só eu e hoje e todo dia. Por mais que todos estejam por aqui.
À 24 anos eu nasci, da mesma mãe e mesmo pai da minha irmã, no mesmo mês.. e somos tão  diferentes. O que será que faz de nos exatamente o que somos??? Eu não sei. Não quero mais pensar nisso.
Constatei, apenas, que não me sinto mais velha a cada novo 2 de maio. Eu me sinto mais sábia e feliz!!! 

Eu não queria

Você foi embora e até disse "adeus", mas eu não queria. Foi e deixou tantas coisas para traz. Coisas lindas, coisas tolas e umas chatas também. Nem tô falando do meu coração... Tua foto de criança no porta retrato, a toalha molhada em cima da cama, um calção pendurado no cabide do banheiro.
Você me deixou pra traz. Eu e todos os nossos planos. O cachorro e a nossa casa. Eu não te culpo. Mas ainda assim, mesmo concordando com todos os seu argumentos, eu não queria. 
No final dos "pra sempre's" um sempre tem que que colocar o ponto e ir. (um entra com o pé e o outro com a bunda - já se sabe) Tá, eu não tenho idéia do quanto foi difícil pra você partir, como você nunca vai saber o que estou sentindo aqui. E com tudo, com todos, sem você e com você ao mesmo tempo, tudo misturando e indo e voltando na minha cabeça, no final eu só consigo pensar no quanto eu não queria.



"..dos nossos planos é que tenho mais saudade, 
quando olhavamos junjos na mesma direção..."
Renato Russo

Fotografia - Leoni

Hoje o mar faz onda feito criança no balanço calmo a gente descansa.. Nessas horas dorme longe a lembrança de ser feliz! Quando a tarde toma a gente nos braços sopra um vento que dissolve o cansaço, é o avesso do esforço que eu faço pra ser feliz!
O que vai ficar na fotografia são os laços invisíveis que havia... As cores, figuras, motivos. O sol passando sobre os amigos. Histórias, bebidas, sorrisos e afeto em frente ao mar.
Quando as sombras vão ficando compridas enchendo a casa de silêncio e preguiça, nessas horas é que Deus deixa pistas pra eu ser feliz! E quando o dia não passar de um retrato colorindo de saudade o meu quarto só aí vou ter certeza de fato que eu fui feliz!



Aumenta o som que a 
música é muito boa!

Por que não me disse antes Charlie Brown?

Confiança...

Talvez eu seja ingênua demais mesmo... Eu sei que é ridículo eu mesma está falando isso, mas é. Eu sempre confio, sempre! sabe quelas pessoas que ninguém dá crédito, aquelas que todo mundo diz : "Esse aí é conhecido", pois é.. Eu sempre acredito.
Eu aprendi a acreditar no que as pessoas dizem, se você disser que me ama e que quer construir uma vida comigo, eu vou acreditar. Não sei porque! Meu pai disse isso a minha mãe e no entanto a TRAIU desde o princípio. Mesmo assim eu sempre acreditei no príncipe encantado.
Se  você disser que vem me buscar em um determinada hora eu estarei lhe esperando pelo menos 5 min antes da hora marcada. Não sei por que. Se já tantas vezes quando criança esperei minha mãe ir me buscar na casa dos primos e NUNCA ir. Mesmo assim da próxima vez eu sempre dizia: "Dessa vez ela vem".
Por que eu não desconfio, se eu já senti tantas dores meu Deus? Estou em prantos pra dizer aqui que perdoei uma vez, desisti outra, e retomei tentando com todas as minhas foças colar o caquinhos pra que a colagem fosse quase imperceptível e eu consegui. Confiei, me entreguei, passei por cima de tudo que a razão podia me dizer. E pra que? Pra você machucar mais uma vez exatamente igual.  
Tá doendo tanto que só as lágrimas e a palavras pra me ajudarem a derramar essa dor. Pra ver se passa mais rápido. Eu gostaria de sumir nesse momento, mas já que não dá, vou tentar  te esquecer.

Imensa vontade de ouvir Chico Buarque... 
Não se preocupem não tenho o costume de cortar os pulsos.

Da minha saudade

Saudade alguma impede que a gente um dia se acostume com a ausência...

Carnaval particular....

        Meus dedos doem... pois há horas escrevo, mas não consigo parar. Eu sei que estar frio, mas minha pele está fervendo e só consigo pensar em sair por aí sendo feliz.
        É eu também sei que já tive um grande amor, tive mesmo. E doeu, mas passou. Mas é que agora mesmo estou um pouco acelerada e quente, mesmo aqui parada. E só tenho tempo de ser feliz com meu novo amor nos próximos 10 segundos. Antes, claro, que consiga estragar tudo.
         Ou enquanto escuto Lucy (Lucy in the sky with diamonds) tocar aqui dentro de mim, no meu carnaval particular.


Um dia passa

Sofrer por amor não é humilhante. Você não tem culpa de ainda amar, nem tão pouco o outro tem de ter deixado de te amar-lo.
Tentar desesperadamente amar outra pessoa e não conseguir, não é fracasso. Essas coisas a gente não escolhe mesmo. Você já ouviu algum relato do tipo "eu mando, sim, no meu coração." ?
Estar com uma pessoa por saber que ela é a pessoa certa e respeita-la, mas mesmo assim de vez em quando lembrar daquela que te abandonou não é falsidade. É só teu coração, mais uma vez, te testando e você mostrando que sabe fazer a coisa certa.
Até quando é triste, amar é melhor que ser vazio... Só não se pode deixar que o amor não correspondido te deixe sem querer mais tentar ser feliz. Porque se você quer mesmo saber (e eu digo, por vasta experiência) um dia passa, tudo passa... é só não desistir.

"...Tempo, tempo, tempo mano velho.." Pato Fu

Escolhas...

Eu sempre tive a impressão de que quando se tem muitas opções, você acaba deixando o amor de lado. Mas e aí? O que é mais importante? O que pode te fazer mais feliz e completo, amor ou realização pessoal? Tudo na vida são escolhas.
Pessoas que tem opções, que não encontram o um amor, ou mesmo as que não dão prioridade a isso e escolhem seguir os seus sonhos. Fazer todas as viagens, cursos, compras. Fazem faculdade, vivem muitas paixões. Fazem o que querem na hora que querem... Essas são as ditas ‘bem sucedidas’, não é? Mas vocês nunca pensaram que um dia essa mesma pessoa pode acabar sozinha numa noite de lua com todos os seus sonhos realizados pensado em como teria sido se tivesse deixado tudo por conta do acaso e do amo?
Já outras pessoas encontram um amor e decidem seguir juntos e abandonam todas as outras opções por isso. Compram uma casa e um carro, juntas e com algumas dificuldades, na maioria das vezes. E brigam algumas vezes. Vem um filho sem querer e eles ficam felizes. E um dia olhando a lua juntos, cada um pensando em como poderia ter sido se tivessem feito de acordo com o que planejaram antes de se conhecerem, “será que um culpa o outro pelo que deixou de fazer?” ou será que são eternamente gratos um ao outro por terem se feito felizes mesmo com todas as dificuldades?
Sabe, não da pra viver as duas coisas. E tem duas coisas que eu percebi, uma é dá pra ser feliz das duas maneiras, e a outra é que da mesma forma da pra no final de tudo ser inconformado e tentar achar um culpado. Porque felicidade é escolha sua. Apenas escolha ser feliz e faça o melhor que puder na forma resolveu seguir.

Das minhas saudades...

Hoje é dia da saudade, e em quem mais eu poderia pensar? Eu sei, eu sei, sou uma pessoa saudosa sempre. Sinto saudade até do que nunca tive. De escrever as margens do rio Senna, de tomar café com chantili na torre Elffel, ou de jogar bola com meninos na África. A saudade meio que move meu mundo, nostálgico e dolorido.
Tenho parentes que foram morar longe e amigos que à anos não vejo e dói, ai como dói lembrar dos abraços, das brincadeiras, dos carões e da cumplicidade que talvez eu nem tenha mais, que vez em quando vem à lembrança e é tão bom... e é tão triste. Aaah essa saudade.
Tem lugares que quando lembro, chega arde o coração de tanta vontade que tenho de um dia poder voltar. De sentir de novo o friozinho de Porto Alegre, ou de ensaiar um texto na minha cabeça pra dizer à presidente ao olhar pro Planalto Central, de tomar banho de novo em cachoeiras que nem sei mais se existem, ou de pisar nas areias da praia do Calhau.
Mas sabe? E eu sei que sabe... Talvez por ter sido bom demais, ou o mais intenso. Mais puro, quem sabe? Eu não sei explicar. Mas é que é de você a minha saudade que dói mais.


"E euuuuu (papapapaá) gostava tanto de vocêeee... (papapapapáaa).
Gostava tanto de você..."
Tim Maia





PS- Hoje é feriado é dia da saudade mesmo..
 
Copyright 2009 "Se é loucura, então melhor nem ter razão..." All rights reserved.
Free Blogger Templates by DeluxeTemplates.net
Wordpress Theme by EZwpthemes
Blogger Templates