Não adianta querer fugir...

É que não importa em que direção eu olhe.. 
Em todas elas só vejo amor!

" Quando a gente tenta. De toda maneira dele se guardar,
sentimento ilhado, morto e amordaçado volta a incomodar..."

Eu não te odiaria nunca por não me amar....

Apesar de não ter muita certeza se isso importa pra você, vim dizer que não te odeio. 
Jamais odiaria você por não me amar, muito menos depois de constatar que você até que tentou. 
Não tenho nem sequer raiva de você, só estou quieta, calada e provavelmente ausente por um longo tempo pra ver se deixo te amar.
Até que está sendo mais fácil do que eu imaginei.... 
Estou mais tranquila e mais feliz que quando você estava por perto e isso torna tudo ainda mais simples... Tudo de bom pra você, então.

Tenho pensado em ter você..


Eu era apaixonada demais por outra pessoa pra te notar logo de  cara. Mas um dia de repente, lá estava você, e eu te via de outro jeito.  Naquele dia eu notei teu olhinho puxado e ombros largos, percebi que o teu sorriso ainda ficava mais lindo quando sorria pra mim.
Tá, não sei se foi o meu encantamento que fantasiou, não quero parecer convencida ou iludia, mas eu via que você também me olhava... O tempo passou, eu sumi uns tempos, estava tentando ser feliz. Quando voltei você ainda estava lá, ainda mais radiante, com os braços fortes que me pegavam vez ou outra com alguma brincadeira. Eu vi que você logo conseguiu dar um jeito de saber como meu coração estava e eu, é claro fiz questão de me mostrar Free.
Tudo bem eu não estou apaixonada, não é isso... mas é que depois de tudo (ou desse quase nada que pra mim pareceu muito) e principalmente depois que eu senti teu cheiro, eu só queria que as segundas e quartas passassem mais devagar e que eu pudesse mais calmamente, sem golpes e disfarces, deitar no teu ombro me sentindo satisfeita completa e protegida.
 Tenho fantasias com teu corpo molhado contra o meu... Você que eu nem sei o nome, que não sei de onde veio ou se tem alguém. Só sei que é Neto de alguém, tem um peitoral lindo e cheira melhor que ninguém... 

Cantar e cantar....

Hoje acordei pensando no dia feliz de ontem, nas pessoas que Deus ame abençoou com a presença e em alguns problemas que estão sempre a me rondar.. Acorde pensando e ainda com muito sono. Pensei em como tudo era tão fácil antes que eu compreendesse. Como se jogar do abismo era perfeito, quando eu ainda não tinha tacado a cara no chão. rs Não estou dizendo que não me jogaria, que não viajaria de repente, ou que não largaria tudo por um amor. Mas, antigamente todo novo amor era o certo e toda nova viagem era a única oportunidade.
Vocês conseguem entender? Acordei com sono, mas sem tanta coragem de dormir... Fechei os olhos algumas vez pra ver se acordava e tudo estava resolvido, pra poder voltar a dormir.. Mas nunca está, não? Mesmo que melhore só com o fator tempo, pra que tudo se resolva e não se acumule (porque o fato mais certo, é que sempre chega mais) você tem que levantar, lavar a cara e sair pra pelo menos tentar resolver.
Hoje teria tantas coisas importantes a fazer.. mesmo sendo um domingo daqueles chatos. Tenho amigos a ajudar, provas pra estudar e tantas coisa a fazer em casa. Mas eu só quero cantar, e cantar e adiar um pouquinho essa agonia. Quero ficar bonita e esquecer que os músculos estão doendo e que tenho menos neurônios do que tinha ontem. Quem só lembrar de coisas boas e trazer todas as melhores energias  pra que a segunda-feira, que não nos dá folga seja um pouquinho mais feliz...





Eu choro...


Eu choro basicamente por nada. Esse geralmente é o meu motivo pra crises existenciais, semanas deprimidas e afins. Nada! As vezes até associado à algum motivo, mas na minha fria análise de quem  acha isso uma tremenda idiotice, digo que nada que pudesse causar tanta dor.
Sou uma pessoa sonhadora, acredito nas pessoas, mas geralmente isso tudo vem com um dose de realidade. Não tenho a vida perfeita – mas que tem não é – mas posso dizer com a clareza de quem tá vivendo aqui , a minha vida é muito boa.
Então porque essas ondas de tristeza profunda? Gente, falo sério, de chorar soluçando e me sentindo perdida, simplesmente porque não deu certo pagar uma conta ou porque meu namorado não quis assistir um filme qualquer comigo. Tenho certeza isso não tá certo.
Já fiz análise, já pensei em tomar calmante... Mas não quero assim.  Consigo ver que não está certo, consigo pensar em saídas e em “Pôxa! Parô, ne? Vamo ser feliz que é melhor..”, mas tem horas que o entalo na garganta é tão grande que não consigo segurar e tudo se derrama.
Sou muito sensível pra algumas coisas e nem pisco para outras,  tenho uma sede imensa de ser feliz, mas essa tristeza terrível não quer parar de me perseguir.. Sou ansiosa, isso é um fatão!!! Fico tonta e tenho crises de tosse quando nervosa, o que resulta em vomito. Se fico com raiva chorooo.  Alguém tem um diagnostico pra mim? Por favor? Pleaaase!!!
 
Copyright 2009 "Se é loucura, então melhor nem ter razão..." All rights reserved.
Free Blogger Templates by DeluxeTemplates.net
Wordpress Theme by EZwpthemes
Blogger Templates