Quem é?



Eu não me reconheço mais...
E não é quando olho no espelho.
É quando eu sinto todas essas coisas.
Eu não sou assim.
Eu sou linda, segura e feliz.
Não sou isso que tenho sido!

A minha verdade sobre o amor!





Considero justa toda forma de amor! Eu não sou hoje como fui ontem, que bom que o amor muda. Quando não muda parece que acabou. 


De um lado um cobrando: 
_Me ame!

Do outro a resposta:
_Volte a ser o que era.


Pra mim amar diferente a mesma pessoa todos os dias é a maior prova de amor.



Amamos diferênte..

Estava pensando sobre o seu jeito de me amar... Esse amor que só fala quando está tudo muito bem, que logo a primeiro sinal de turbulência esmorece e nas suas palavras se tornam ausente. Quando você diz “Hoje eu to te amando” ou “Eu não estou te amando não”, me faz nunca ter certeza. Porque isso pra mim não é amar. Amar é não ficar feliz com algumas coisas e mesmo assim querer estar junto, mudar junto. Porque amar não tem nada a ver com está tudo perfeito.
Sabe, os momentos que eu mais tenho certeza que te amo são exatamente nos momentos que você está um porre, porque vejo que ainda assim eu prefiro a tua presença. Faço coisas que nunca fiz, engulo sapos que jamais engoliria porque eu te amo e o que mais quero é estar bem com você.
Você pensa que eu não percebo o quanto você mudou ou o quanto ainda tem se esforçado. Eu vejo! Mas é que pra mim sempre é mais que isso, sempre me machuco um pouquinho mais que a maioria.
Eu só queria ser seu amor de verdade, mesmo nos piores momentos. Talvez você não entenda e se irrite, como se irritou quando eu disse que não tinha certeza. Mesmo assim eu continuo, porque não dá mesmo pra ter certeza, nunca dá. E com todas as diferenças amor é amor (romance é romance, traição é traição e u lance é um lance.. Ó o pente, ó o pente, ó o pente, ó o pente, ó o pente, ó o pente, ó o pente.. kkkk) e eu cansei de sempre desistir dele.

"...E como prêmio eu recebo o teu abraço, subornando o meu desejo tão antigo..
E fecho os olhos pra todos os seu passos, me enganando, só assim somos amigos..."
Raimundo Fagner

Onde estão elas Raul?


Onde estão as borboleta que afetavam meu estomago? Aiii de lembrar arrepio.. Que saudade das divinas borboletas que traziam surpresa. Que me surpreendiam quando nem eu ainda sabia o que sentia.
Será que não há mais amor? Aquelas pegadas do meu lado já não mais existem, fugir não mais preciso... As flores não tem desabrochado no meu vasto jardim.
Cadê a vida que eu bagunçava? Que eu corria, pulava e sonhava... As borboletas não querem mais vir e eu a tempos não sei mais sorrir. Sorriso largo, raso e profundo, daqueles que doía de tão sincero.
Talvez eu seja sim feliz de fato! Feliz e conformado... Mas minha boca está escancarada e cheia de dentes esperando a morte passar. Eu não sou assim, sou borboletas, incerteza e eterna busca.
Por onde eu me perdi Raul? 

Eu odeio sentir ciumes de você...

Você tem toda razão, esses dias a tua presença e a tua ausência tem me incomodado. Parece que quanto mais você se esforça pra mostrar que me ama e que nada estar acontecendo, mas eu te acho falso e mentiroso e nas horas em você percebe isso e prefere ficar distante eu acho que você não estar nem um pouco se importando comigo.
Eu não sei o que fazer.. Odeio esse ciumes que estou sentindo de você!!! Quero sair de perto e e viver sozinha bem longe das coisas que você me mostrou, mas a cada segundo que estou longe eu sinto tanta falta que chega a doer.
Não consigo acreditar que as coisas possam se ajeitar novamente. Mesmo assim vou continuando aqui, e me afastando aos poucos, mesmo que esteja junto. Até que eu consiga sumir de vez, ou até que você possa me mostrar que nada disso é necessário.

Um pensamento bobo...

Eu realmente pensei que seria a cura para suas dores...

Aviso: Estou mais confusa que o normal!

Sabe o que é? É que tem dias mais lá que cá, tem noites mais quentes que dias e tem eu's que só mesmo as minhas amigas pra entender. #Tecnicamente :)

Estou a flor da pele, um poço de melancolia e saudade Das coisas que tive e do que nunca existiu. Vixe!
Complexamente mais doida que nunca.`Por exemplo?
Doida pra matar alguém! Eu chorei porque o omelete queimou, chorei porque não estudei nada no feriado e porque não saí pra canto nenhum também.Chorei porque ouvi Leoni, mas ouvir Leoni é foda mesmo, tá eu sei que me martirizo. Diabo de tpm braba é essa?
Saudade do ex, ciúmes do atual, talvez esteja tudo interligado,como a história do ovo e da galinha. Vontade de trair e vontade de ter um filho, não que o filho deva ser bastardo, é tipo contraditório mesmo, um ou outro. Eu avisei que eu tava confusa.
Vontade de fugir também.. essa geralmente vem. "Vamos fugir pr'outro lugar baby?!"
 
Copyright 2009 "Se é loucura, então melhor nem ter razão..." All rights reserved.
Free Blogger Templates by DeluxeTemplates.net
Wordpress Theme by EZwpthemes
Blogger Templates