I used remember you


     I used to remember you every day
     But now I remember you just in the cold nights
     I used to cry when I listened to your name
     But these days I already can smile
     I used to be happy just to be on their side
     But today I know I can be happy a lone




My first text in English! I'm very happy I made it.


I thank my teachers: Emanuelle, especially Lourenço, for helping me with the most difficult words!



Nesse momento diria a profª Emanuelle: _Don't translate! hehehehe
Mas para o melhor entendimento lá vai..

Tradução:

Eu costumava me lembrar você todos os dias
Mas agora lembro apenas nas noites frias
Eu costumava chorar quando ouvia seu nome
Mas ultimamente consigo sorrir
Eu costumava ser feliz apenas ao seu lado
Mas hoje eu sei que posso ser feliz sozinha

Lista! Faça a sua..(3)

Respeito 

"Um sujeito estava colocando flores no túmulo de um parente quando vê um chinês colocando um prato de arroz na lápide ao lado. Ele se vira para o chinês e pergunta:
- Desculpe-me, mas o senhor acha mesmo que o seu defunto virá comer o arroz?
E o chinês responde:
- Sim, geralmente na mesma hora que o seu vem cheirar as flores!

Respeitar as opções do outro ‘em qualquer aspecto’ é uma das maiores virtudes que um ser humano pode ter. As pessoas são diferentes, agem diferentes e pensam diferente.
Nunca julgue. Apenas compreenda."


Ler esse texto foi como tomar um tapa na cara. Como a gente faz isso. Rotineiramente! Julgamos e não olhamos para o nosso próprio nariz.
Parei pra pensar em todas as pessoas que julguei, algumas apenas com meus pensamentos maldosos e pré-estabelecidos e até mesmo em outros casos feri com palavras duras.
Se esse texto tocar você pelo menos um pouco do tanto que me tocou. Pare alguns minutos e pense, tente lembrar de todas as pessoas que você pré-julgou, faça uma lista!

Algumas dessas pessoas, você pode até ser amigo(a) hoje em dia, use esses exemplos pra tentar conhecer antes de dizer algo. Outras delas, você pode nunca ter se aproximado por causa desses julgamentos ou por falta de oportunidade mesmo, mas de alguma forma você passou a ver que aquela pessoa não era assim como você pensava ou se era tinha qualidades que superavam esses “defeitos”. Lembre das pessoas que você mais ama também, essas são as que mais sofrem com meus julgamentos, incredulidade e cobrança, geralmente nos cobramos e esperamos mais das pessoas que mais amamos. Não somos donas das atitudes delas!
Depois reflita, sobre o porquê de perder o seu tempo com esse tipo de coisa. Porque não notar o que essas mesmas pessoas acertam! E para o fim, sugiro que pense que o que outras pessoas fazem pode não ter sentido pra você, mas de certo, pra elas tem... Fazer a minha agora mesmo!!! Preciso melhorar muito nisso...

Good luck!!!

Vida contraste


Quebrando as retas da estrada da vida vou formando as curvas das minhas emoções. Encontro o preto e o branco!
Do preto imagino o novo e descubro o que e luz, do branco imagino a luz e consigo enxergar o novo que se esconde na escuridão!

Mimar Você













"Eu te quero só pra mim
Você mora no meu coração
Não me deixe só aqui
esperando mais um verão
Te esperando meu bem
Pra gente se amar de novo
Mimar você
Nas quatro estações
Relembrar
O tempo que passamos juntos
Bem bom viver
Andar de mãos dadas
Na beira da praia
Por esse momento
Eu sempre esperei.."


 



Vontade de ouvir Caetano .. caetanear! 
Ou não..rs

No sofá

       Quando penso em você aqui me sinto mais feliz! Porque sinto que se um dia a gente brigasse e eu te mandasse dormir no sofá, saberia você lá. Caso o frio batesse, saberia no sofá, meu cobertor. Se o trovão ensurdecesse saberia você meu protetor.
       Não importando que motivo bobo nos fizesse brigar, saberíamos nada sério, pois serias incapaz de me magoar. E mais tarde, saberia o teu abraço, saberia teu beijo e desejo. E do amanhã nada precisaria saber, pois saberia você do meu lado. 
       Pra mim bastaria apenas isso saber!

Ela


-->














Ela parece indiferente aos olhares do mundo
Mas quando algo lhe interessa faz um rasgo profundo
Ela passa e nada permanece
Ela mexe e meu olhar se aquece

Que sabor essa neguinha tem?
Morena-cor nesse vai e vem
É chocolate com pimenta?
Quando sorri o mundo anda em câmera lenta.

Com seu rebolado que fascina
E seu sorriso de menina
Inspira o repudio e a paixão  

Nem sexy, nem graciosa
Desengonçada mesmo assim charmosa
Ela é assim: inspiração!

Cenário saudade

Aqui na faculdade a luz é tão bonita. Vejo o céu azul e logo abaixo uma barreira de verdes árvores. Nas ruas de paralelepípedos os carros passam, as pessoas passam e minha vida continua a passar.
Eu nem te amei tanto assim, se é que para o amor existe o grande e o pequeno. O fato é que estar aqui me lembra você. Andar ao seu lado, te esperar para o almoço.
Você foi o desafio que eu não venci! Sua mão estava sempre no bolso, não segurando a minha. Apresentações eram como amigos... Mesmo assim, nunca rude.
Nossa história ficou apenas pra nos dois. E hoje o cenário me fez sentir saudade.

Eu colori você..



O mundo a minha volta há muito tempo tornou-se preto e branco. E em algumas cenas colorido em tons pastel. Festas, beijos e caminhos monocromáticos.
Vida em quadrinhos preto e branco. Muita emoção estática, que entusiasma que vê, mas não quem participa. Um arco-íris sem cor.
Às vezes eu coloria uma flor pra não esquecer da vida ou o céu pra não desistir de voar.
E você, assim como qualquer outro personagem, pra lá e pra cá em minhas páginas ser cor, continuava sem nada mudar.
Mas numa noite de lua, num bar com amigos e pensamento distante colori coquetéis e toalhas de mesa, rindo de mim mesma num leve pileque casual.
Uma gota de vermelho, sem querer, pintou tua boca e chamou meu beijo, beijei! Colori então o teu olhar e nesse momento me encantei.
Passei a te dedicar as mais lindas cores, mesmo vendo ao teu redor cenas escuras. Mesmo não vendo colorido no futuro. De que isso valia, o futuro? Se quando você sorria iluminava o meu olhar. Pra mim aquelas cenas multicor de felicidade bastariam e no mínimo se tornariam lembranças de um sonho bom.
A gente coloriu o mundo no breve espaço de tempo que estivemos juntos. E isso pra mim bastou!
Você continua colorido no meu mundo monocromático, mas um dia desbota, o tempo se encarrega disso!

Did not want to be my baby!

Lista! Faça a sua.. (2)

E por falar em saudade...

Se há saudade,
É porque houve alegria.
Se há nostalgia,
É porque existiu felicidade...
Se há o que lembrar,
É porque houve o que viver...
E o que se vive: seja bom ou ruim!!!!
Fica eternizado nos sons, perfumes e sorrisos...
Nas lágrimas, nos gostos, no toque...
No olhar, na vista pra o mar...
Na terra, na serra....
Tudo lembra, tudo chama,
Tudo traz de volta..."
Viviane Dick



Hoje a brincadeira é um pouquinho diferente e, a meu ver, mais divertida também! Porque será preciso de, pelo menos, mais uma pessoa pra fazer com você..

A brincadeira se chama: “Nostalgia”!
As regras são:

  1. Tem que marcar uma data para o fim da brincadeira, pra vocês lerem juntos, marcar um almoço, um sorvete ou assistir um filme. Mas tem que ser um momento tranqüilo.
  2. Escreva uma lembrança sua e de pois a outra pessoa coloca uma dela, como uma lista, mesmo.
  3. As frases têm que começar com “Eu lembro..”
  4. Só pode uma lembrança por dia de cada um.
  5. É permitido comentar algo da lembrança da outra pessoa.
  6. Coloquem as iniciais no começo da frase pra ficar mais claro.
  7. Podem ser lembranças alegres ou tristes.
  8. Pode ser feita por e-mail, uma folha pregada na geladeira, um caderno, a sua escolha.

Aí fica assim:

“Nostalgia”
(coloca as regras e a data de começo e fim)

M- Eu me lembro que eu comia batom, aqueles que tinham cheiro e forma de morango.. Eu dizia pra Camila não comer porque fazia mal..mas comia escondido dela. Kkkk Eu também comia, aí um dia eu e meu primo passamos mal de tanto que comemos, até hoje só de falar me da gastura.
K- Eu me lembro que eu e meu primo sempre que voltávamos de viagem pegávamos vaga lumes e soltávamos dentro do ônibus. Até que um dia colocamos os bichinhos dentro q uma caixa de fósforo, ai quando abrimos a caixa adivinha... estavam todos mortos. Chorei...chorei...chorei... Já fiz isso também.. tinha decidido que ia criar e coloquei num vidro fechado (pode?) hehehe morreram também kkk Pinceladas de uma agrônoma.
M- Eu lembro que quando eu tinha 8 anos fui passar um Carnaval em Aranaú (visinho de Jeri) com meu pai, fomos de moto! Foi muito massa... Aí teve um dia que decidimos ir para Jericoacoara pela beira da praia... a maré subiu! Quase levava a moto, um pescador teve que ajudar meu pai a levar a moto nos braços.. achei meu pai tão forte, eu sentia que eu era a melhor amiga dele! Chegamos a ver a praia de Jeri, mas acabamos voltado.. Mesmo assim foi a maior aventura...  Ai q legal.!

Sugestões!
Faça colorido..é mais divertido.
É uma ótima brincadeira pra fazer com alguém que você esta conhecendo, uma nova amiga(o) ou novo namorado(a).
Mas com que você já conhece tem a vantagem de você poder aparecer nas lembranças da outra pessoa e ela nas suas e isso é muito bom de se ver!
Pode ser feita com mais de uma pessoa também, como uma corrente para amigas da época do colégio. Nesse caso sugiro que cada uma escolha uma cor, pra ficar ainda mais claro.

Atenção! 

Essa brincadeira dói as vezes... dói a saudade que faz!  Mas por outro lado me fez perceber que a felicidade pura e simples existe. Pena que as vezes a gente esquece!
Vai lhe fazer refletir sobre você e sobre o outro. E no mínimo vai lhe render algumas gargalhadas de si mesmo.


Beijos e luz! ^^’

É hoje!

Momento diário:

Parece um sonho, mas é verdade! Hoje viajo para Porto Alegre. Muito frio, chuva e amor me esperam por lá. Antes disso conecção de 3:30h em Brasília. A tia Renata vai me pegar no aeroporto pra gente "charlar" um pouquinho no Planalto Central e pra eu curtir a Laurinha (ainda no barrigão da tia).
Estou ansiosa, mas por incrível que pareça, nem um pouco nervosa! Não sei na hora de embarcar... Vou contar um segredo: Eu nunca viajei de avião! rsrsrs
E agora outro: Vou aproveitar pra usar todas as roupas de frio que eu puder! :) (coisa de matuta Cearense).
Estou muito feliz! Sei que será inesquecível..

Do you speak English?

Tem pessoas que conhecemos desde criança, que quando passamos por elas em outros lugares dizemos “olá”, mas que na verdade não sabemos nada de suas vidas.
O que eu sabia desse carinha até ontem, é que ele era feioso quando pequeno, mas ficou um fofo, que teve um afere com minha amiga e é amigão do meu primo. Sei também que o máximo de contato que tivemos tivera sido troca de “ois”, meus risos, de longe, sobre suas piadas bobas, algumas perguntas no formspring.me e somos amigos do orkut sem mais profundidade, talvez por sugestão automática do website.
Estivemos no mesmo ciclo de amizade, eu estando sempre mais a margem.Estudamos no mesmo colégio. Ouvi histórias sem importância sobre ele, talvez mais do que eu tenha prestado atenção. E ontem como um estalo, entre doses de vodka e uma conversa de um inglês ruim:
_Do you speak English?
_Yes, I do.
_ Greit, how are you? Wath do you do?
Entre frases clichés e alguns “tell me agaim, please!” de minha parte. Eis que eu, já animada, ouvi um envergonhado:
_Can I kiss you?
Respondi até para minha surpresa:
_Yes, you can!
E esse beijo e os seguintes, mudaram tudo. Mudou em mim a forma de enxergá-lo. De conhecido passou a ser meu interesse... Não sei bem o que estou sentindo, não sei o que fazer a respeito. E isso é tão bom!
 
Copyright 2009 "Se é loucura, então melhor nem ter razão..." All rights reserved.
Free Blogger Templates by DeluxeTemplates.net
Wordpress Theme by EZwpthemes
Blogger Templates