Diante de você meu amor cala.

Tem vezes que eu converso comigo mesma dentro dos meus pesamentos. Principalmente quado a minha cabeça não concorda com o que meu coração sente, quando o pensamento não pode ser pronunciado.  Não que seja sempre uma coisa ruim, as vezes é algo tão bom, por alguma coisa tão boba que você se sente mais boba ainda de exteriorizar.
Ontem pensei no que eu sentia por você. Mas eu não refleti, nem considerei prós e contras nem nada, só pesei. Naquele instante em que eu te abraçava, senti um paz incrível, então quando me afastei um pouco do teu corpo e meu olhar encontrou o teu quase saiu da minha boca um sonoro "eu te amo tato..", mas eu apenas sorri.
Em nenhum outro momento em que estivemos juntos eu havia pensado nisso e foram muitos e bons momentos. Mas naquele momento exato foi isso que eu senti. E não disse. Talvez por esse amor ainda não se sentir muito a vontade para se mostrar assim, olho no olho. Ou por que o meu amor não queira mais se mostrar de jeito nenhum, mesmo que exista, mesmo que seja mais forte que nas outras vezes em que foi pronunciado.
Continuarei do seu lado, agindo como quem ama, perdoando como que ama, cobrando como quem ama e tomara isso ser suficiente pra você. Pois amo! - escrever pra mim sempre é tão mais fácil. Mas é que olhar pra você lembra demais teus conflitos e os meus desamores, lembra que eu sou o alguém que você precisava, mas tal vez não alguém que você ama. Aí meu amor cala, mesmo estando bem, feliz e em paz.

0 ...:

Postar um comentário

 
Copyright 2009 "Se é loucura, então melhor nem ter razão..." All rights reserved.
Free Blogger Templates by DeluxeTemplates.net
Wordpress Theme by EZwpthemes
Blogger Templates