Carnaval particular....

        Meus dedos doem... pois há horas escrevo, mas não consigo parar. Eu sei que estar frio, mas minha pele está fervendo e só consigo pensar em sair por aí sendo feliz.
        É eu também sei que já tive um grande amor, tive mesmo. E doeu, mas passou. Mas é que agora mesmo estou um pouco acelerada e quente, mesmo aqui parada. E só tenho tempo de ser feliz com meu novo amor nos próximos 10 segundos. Antes, claro, que consiga estragar tudo.
         Ou enquanto escuto Lucy (Lucy in the sky with diamonds) tocar aqui dentro de mim, no meu carnaval particular.


Um dia passa

Sofrer por amor não é humilhante. Você não tem culpa de ainda amar, nem tão pouco o outro tem de ter deixado de te amar-lo.
Tentar desesperadamente amar outra pessoa e não conseguir, não é fracasso. Essas coisas a gente não escolhe mesmo. Você já ouviu algum relato do tipo "eu mando, sim, no meu coração." ?
Estar com uma pessoa por saber que ela é a pessoa certa e respeita-la, mas mesmo assim de vez em quando lembrar daquela que te abandonou não é falsidade. É só teu coração, mais uma vez, te testando e você mostrando que sabe fazer a coisa certa.
Até quando é triste, amar é melhor que ser vazio... Só não se pode deixar que o amor não correspondido te deixe sem querer mais tentar ser feliz. Porque se você quer mesmo saber (e eu digo, por vasta experiência) um dia passa, tudo passa... é só não desistir.

"...Tempo, tempo, tempo mano velho.." Pato Fu

Escolhas...

Eu sempre tive a impressão de que quando se tem muitas opções, você acaba deixando o amor de lado. Mas e aí? O que é mais importante? O que pode te fazer mais feliz e completo, amor ou realização pessoal? Tudo na vida são escolhas.
Pessoas que tem opções, que não encontram o um amor, ou mesmo as que não dão prioridade a isso e escolhem seguir os seus sonhos. Fazer todas as viagens, cursos, compras. Fazem faculdade, vivem muitas paixões. Fazem o que querem na hora que querem... Essas são as ditas ‘bem sucedidas’, não é? Mas vocês nunca pensaram que um dia essa mesma pessoa pode acabar sozinha numa noite de lua com todos os seus sonhos realizados pensado em como teria sido se tivesse deixado tudo por conta do acaso e do amo?
Já outras pessoas encontram um amor e decidem seguir juntos e abandonam todas as outras opções por isso. Compram uma casa e um carro, juntas e com algumas dificuldades, na maioria das vezes. E brigam algumas vezes. Vem um filho sem querer e eles ficam felizes. E um dia olhando a lua juntos, cada um pensando em como poderia ter sido se tivessem feito de acordo com o que planejaram antes de se conhecerem, “será que um culpa o outro pelo que deixou de fazer?” ou será que são eternamente gratos um ao outro por terem se feito felizes mesmo com todas as dificuldades?
Sabe, não da pra viver as duas coisas. E tem duas coisas que eu percebi, uma é dá pra ser feliz das duas maneiras, e a outra é que da mesma forma da pra no final de tudo ser inconformado e tentar achar um culpado. Porque felicidade é escolha sua. Apenas escolha ser feliz e faça o melhor que puder na forma resolveu seguir.
 
Copyright 2009 "Se é loucura, então melhor nem ter razão..." All rights reserved.
Free Blogger Templates by DeluxeTemplates.net
Wordpress Theme by EZwpthemes
Blogger Templates