O céu vai desabar



Essa manhã choveu tanto, tanto que nem tive coragem de levantar. O céu parecia desabar! E continua o peso sobre minha cabeça. Como se as nuvens estivessem chorando as minhas lagrimas. Lagrimas essas que não posso derramar. Tenho que ser forte, paciente e acreditar, mas a verdade que eu não soou assim.
Sonhei a noite inteira um sonho estranho. Sonhei que era uma mulher guerreira, como aquela de filmes. Será que eu consigo mesmo ser assim?
Sempre disse não me importar com os outros, mas justo nesse momento me importo muito. Depois de tanto tempo meu presente chegou e ainda assim tenho que pensar no futuro. Queria agora! Simples e claro...
Por que tudo estar contra? E Deus? Quem ira dessa vez me proteger dos trovões que teimam em estourar tão perto de meus ouvidos? Você não vai estar aqui! Eu sentirei calor e você frio e serei mais uma vez só, noites a fio. Na esperança de que seja real. Que seja assim: Meu! E que as crianças tenham mais sabedoria.
Sinto falta da infância em que a chuva te trouxe pra mim. Do balanço do teu jardim... Entre “True or Dare”.
Olho pra você e vejo aquele menino mandão, que foi meu parceiro, melhor amigo e primeiro amor. Que contava vantagens, a fim de ser o melhor a meus olhos. Você consegue acreditar em mim.. Porque ainda desconfio dos teus planos?
Eu fiquei bem diferente, mas você consegue trazer de volta o melhor de mim. A parte que muitas vezes esqueci e em outras lembrava com saudade. Quero ser a mulher forte e a menina ingênua, a que sempre quis ser e a que um dia fui ao mesmo tempo.
Quero também uma certeza, um sinal, um alivio. Morfina talvez ou um sono que só acabasse quando fosse a hora de te ver de novo!

0 ...:

Postar um comentário

 
Copyright 2009 "Se é loucura, então melhor nem ter razão..." All rights reserved.
Free Blogger Templates by DeluxeTemplates.net
Wordpress Theme by EZwpthemes
Blogger Templates