Que história esolher?


 Sinto como se minha vida tivesse de ser um filme de cinema, daqueles cheios de emoção. Amores, encontros e desencontros. E se a vida for simplesmente a vida cheia de coisas normais e de rotina? E se eu percebi isso tarde de mais quando já perdi o amor da minha vida quando já amo outra pessoa, mas não consigo ter certeza se é a pessoa certa e que na verdade me pego constantemente pensando que é a pessoa errada?!
Busquei o novo nas coisas, jeitos novos de viver, mas nesse momento receio pelo meu futuro. Sinto medo da solidão ou da companhia de que me faz sentir mais só do que se realmente estivesse,
Não consigo entender como consegui acabar com tudo. Como essa minha juventude de desejos desvairados pela liberdade acabou com a coisa mais bonita e concreta que já consegui construir.
Hoje reconheço cada erro que cometi e sinto todos os dias a dor que te causei em alguns momentos. Se foi tão real pra você quanto pra mim, você realmente sofreu.
Já pensei que “bocado derramado não se recupera”, varias vezes. Tento todo o dia continuar minha vida a partir do ponto em que decidi recomeçar sem você. E não vou dizer que não tenho sido feliz, nem que não sou amada. A verdade é que tenho conseguido, mas em nenhum dia sequer esqueci do teu cheiro e do que você me fez sentir. Isso me magoa profundamente, como se eu estivesse sendo uma pessoa falsa. Mas não é isso! Consigo viver bem, amar, e as vezes não amar também, mas paralelo a isso sempre tem você. Em comparações, em lembranças boas e revoltas, por você não ter me aceitado e por ter me aceitado tantas vezes também.
Estou tentando não ser contraditória e tentando terminar as coisas que comecei. Querendo redescobrir quem eu sou. Porque nesses últimos anos o que eu sou tinha se misturado muito com o que o meio em que eu vivia era. Estou nadando contra a corrente.
Acabei de assistir aquele filme da mocinha que ver as varias possibilidades da vida. “não é muita coincidência o amor da sua vida aparecer logo na sua vida?” E quando você tem 16 anos? Está doendo muito, mas sei que não tenho direito de te pedir perdão e de te querer de volta. Nem deveria estar escrevendo o que nesse momento escrevo. Mas é mais forte que eu.
Rezo, todos os dias, por você pela sua felicidade e sinceramente pra que ainda me ame assim como eu a você. Sempre sua de coração..

0 ...:

Postar um comentário

 
Copyright 2009 "Se é loucura, então melhor nem ter razão..." All rights reserved.
Free Blogger Templates by DeluxeTemplates.net
Wordpress Theme by EZwpthemes
Blogger Templates