Que eu permaneça no teu abraço...


Dos milhares de corpos femininos que você encontrou na vida, nem foi de primeira a minha intenção de ser a única, mas quando o tempo passou e eu percebi o encaixe perfeito, foi só isso que desejei.
Das mulheres que você amou eu nem tão depressa desejei ser uma delas, mas quando você me olhou certa vez e me deu a sensação de que aquele sentimento era único, eu acreditei que eu era aquela mulher (nem que por um segundo).
O que fez você me notar, se o gesto, se a palavra ou o meu jeito de levar a mão a cintura, se a mecha de cabelo que cai na minha testa ou o livro que li na praia sozinha? Provavelmente eu nunca saiba, você não é muito de dizer. Você também nunca vai saber o que eu quero, mesmo que seja você.
Foram necessários muitos acasos pra que a gente se encontrasse e mesmo que você nem tenha me buscado por algum motivo eu apareci. Só sei agora que eu quero viver em liberdade perpétua do teu lado, por que longe de ti não parece mais fazer muito sentido. 
Espero nunca mais ficar presa fora do teu abraço... Por que eu te amo, acredito no seu amor e é só. Mesmo que sejamos egoístas e tudo mais, apenas por termos nos permitido a esse amor acredito que merecemos vive-lo. Porque a nossa história, nem  Freud  poderia explicar. 

"O que importa quantos amores você tem se nenhum deles te dá o universo?"

0 ...:

Postar um comentário

 
Copyright 2009 "Se é loucura, então melhor nem ter razão..." All rights reserved.
Free Blogger Templates by DeluxeTemplates.net
Wordpress Theme by EZwpthemes
Blogger Templates