Eu desabei e não era amor..


Eu pensei que tinha conhecido o meu grande amor. Fiquei disposto a todos o sacrifícios, os que trariam a loucura, os que nos fariam ficar em casa,  mesmo não tão satisfeitos, enquanto o mundo aproveitava o feriado...
Pensei em filhos, em família... Pensei que tudo seria perfeito, não por não existirem problemas, mas porque eu seria compreendia.. Pensei que seria semelhante ajudando semelhante. Pensei que o amor era amor, nos dias de stress de prova ou no de depressão sem motivo aparente..
Eu pensei demais... e mais ainda senti o que não existia. Agora fico aqui chorando pensando mais um pouco e tentando acreditar que o amor mesmo, ele não é COVARDE.. Que no nosso caso foi apenas um descuido, um amor UNILATERAL.
Estou tentando não pensar e ao meso tempo tentando pensar logo tudo. Espero que o tempo passe ligeiro... E que essa vontade que eu sinto de morrer (ou apenas existir, sem viver) suma de vez. Eu consigo sim ser feliz longe de você, mas eu tenho que fazer um esforço danado...

http://www.youtube.com/watch?v=M85YonmYwfk

1 ...:

Jéssica Trabuco disse...

O clichê mais irritante e mais verdadeiro do mundo é aquele que diz: "Tudo passa". É a mais pura verdade. A gente acha que não, mas em breve você nem se lembrará mais dessa situação. Força!

Postar um comentário

 
Copyright 2009 "Se é loucura, então melhor nem ter razão..." All rights reserved.
Free Blogger Templates by DeluxeTemplates.net
Wordpress Theme by EZwpthemes
Blogger Templates