Minha vida sozinha, sem álcool e sem amor...

Gostei da festa! Gostei de dançar, de rever amigos. Gostei das músicas antigas que me lembraram velhos amores e que principalmente lembraram que passei por cada um deles e que estou aqui prontíssima pra outra.
Curti até a parte de voltar sozinha pra casa, me senti muito segura. Gostei de não ter bebido e de mesmo assim ter curtido a festa. Nunca fui tão eu e tão apenas por mim. E isso era exatamente o que eu estava buscando. Ter autonomia sobre o que quero e faze-lo, com seriedade, sabe? Inusitado, livre, mas com responsabilidade.
Sinto-me bem, forte e cheia de mim, crendo mais que nunca que as coisas vão sim ( e já estão) se encaminhar de acordo com o devido.
Mas sempre falta algo, né? “Agora só falta você...” Mas fazer o que? Hoje eu sei ter o que possuo e principalmente sei entender o que não posso ter. E sabe talvez eu trocasse toda essa sobriedade por mais um minuto com você.. Ou não, já dizia Caetano!


----> Algum momento de 2012.

0 ...:

Postar um comentário

 
Copyright 2009 "Se é loucura, então melhor nem ter razão..." All rights reserved.
Free Blogger Templates by DeluxeTemplates.net
Wordpress Theme by EZwpthemes
Blogger Templates